quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Reticência 25

Que vertigem,
um medo em um segundo me leva ao chão.
Que sublime,
um salto no escuro me eleva o coração.

3 comentários:

Mai disse...

E entre sobes e desces, giram borboletas no estômago numa boa vertigem.

beijos.

Isabella F. disse...

A vida é feita de pulinhos e decidinhas! Que lindo *___*

Eu, Thiago Assis disse...

fecha os olhos, pois em uma só ação você escapa da vertigem e salta para o escuro =]