quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Reticência 34

O amor que existe em mim foi movido
Quando aquele olhar lunar fitou meus olhos à beira-mar
Quando aquela agua salgada banhou meu corpo sob aquele gracioso reflexo
Meu amor adormecido viu o amanhecer, quando minha Lua nasceu.

4 comentários:

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

A lua e eu.
As vezes perco a noção de tudo olhando para ela.

Luciana disse...

A lua, como sempre, inspiradora. E cada vez mais concordo com o dito 'a lua é dos namorados'.

beijo.

Mariana Andrade. disse...

acordou! e quando acabar a madrugada, brilhará.

Paloma Brezolin disse...

uau , quanta essencia ,
tou seguindo =*